Marta: Prefeitura não fiscalizará trânsito

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), descartou esta manhã a possibilidade de a Prefeitura assumir toda a fiscalização do trânsito na cidade, para que o governo estadual desloque 2.800 homens do CPTran (que fazem o policiamento junto com os fiscais da CET), para reforçar a segurança nas escolas. "Isso, neste momento, não interessa para a Prefeitura", disse Marta, justificando que o governo municipal não teria homens suficientes para fiscalizar o trânsito nem verba para realizar novas contratações. "Espero que o Estado agüente mais um pouco", afirmou ela, que na manhã de hoje visitou escolas em Campo Limpo no primeiro dia de aula do ano letivo nas escolas municipais. Na Escola Municipal Modesto Scagliusi, a prefeita assistiu uma aula inaugural sobre ética junto com 34 alunos da 7ª série. Segundo ela, no primeiro dia de aula, todas as escolas municipais receberam a recomendação de dar aulas a seus alunos sobre o tema. "Isso é inédito. Fiquei muito emocionada em abrir o ano letivo falando sobre este assunto. Há muito tempo não se fala nem se pratica ética nesta cidade", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.