Marta pede um minuto de silêncio para moradores de rua

A prefeita de São Paulo e candidata à reeleição pelo PT, Marta Suplicy, lamentou o ataque a que foram vítimas dez moradores de rua na capital paulista. Durante participação em almoço promovido pela comunidade negra na Câmara Municipal, Marta pediu um minuto de silêncio em homenagem aos moradores atacados durante a madrugada de ontem. Das dez vítimas, quatro morreram.A prefeita disse que o que aconteceu em São Paulo traz luto a cada um dos cidadãos paulistanos. Ela classificou a ação dos agressores como uma demonstração de intolerância e preconceito. "A sociedade não está só horrorizada, mas indignada e devastada com a tragédia que nos cometeu", disse.O presidente do STF, ministro Nelson Jobim, também presente ao evento, ao lado de Marta, classificou as agressões a que foram vítimas os moradores de rua como "lamentável". Ele disse esperar que as autoridades apurem os responsáveis pelos atos. Antes de participar do evento na Câmara Municipal, a prefeita visitou os moradores de rua, que estão internados no Hospital Vergueiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.