Marta nega ligações com lobista

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), negou hoje ter recebido, em audiência, o lobista Alexandre Paes dos Santos. A agenda do lobista, segundo divulgou hoje o jornal Folha de S. Paulo, registra duas supostas audiências com o presidente Fernando Henrique Cardoso e outras duas com a prefeita Marta Suplicy. "Eu fiquei indignada com isso. Eu nunca recebi esse indivíduo", disse Marta. A prefeita insinuou que a citação do seu nome tem relação com as eleições do ano que vem. "Eu acho que deve ter um ponto nisso, porque campanha eleitoral tem limite."Segundo o jornal, em uma das anotações, no dia 10 de abril, Paes dos Santos anotou uma nova audiência com FHC, no mesmo horário da anterior, às 17h30. Marta Suplicy é citada duas vezes. Em 12 de março, o lobista indica uma suposta reunião com Marta. Na segunda, dia 29 do mesmo mês, o lobista refere-se a Marta como "Dep.". A prefeita foi deputada federal de 95 a 98.DívidaAmanhã, Marta se reúne com o presidente Fernando Henrique Cardoso, às 11h, no Palácio do Planalto, na tentativa de renegociar a dívida do município com a União. A dívida total da prefeitura paulistana com o governo federal é de R$ 10,5 bilhões.Na tarde de hoje, Marta não quis comentar o encontro com FHC. Disse apenas que tem "uma ótima expectativa". "Não vou me antecipar. Seria extremamente impolido antecipar um assunto que vai ser tratado com a presidência?.A prefeita participou, no Palácio das Indústrias, da campanha municipal de combate à dengue. Desde janeiro, São Paulo registrou 565 casos da doença, sendo que 265 foram contraídos na capital. A prefeita disse que a cidade corre o risco de "ter uma epidemia" da doença e, por isso, a prefeitura vai realizar uma "campanha cuidadosa".Durante a cerimônia de lançamento da campanha, bem ao seu estilo, Marta criticou os cartazes da campanha da prefeitura. "Está filme de terror isso aqui", disse. E completou: "Parece a campanha da aids, que dá tanto medo, que você até esquece que tem aids".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.