Marta interpreta troca de elogios entre FHC e Palocci

A prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), deu uma interpretação própria aos elogios feitos pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao ministro da Fazenda, Antonio Palocci, durante o 3º Fórum empresarial, na ilha de Comandatuba, na Bahia. Dirigindo-se aos jornalistas presentes ao encontro da Executiva Nacional do PT, em São Paulo, a prefeita disse, ao chegar ao local, que precisava falar sobre as declarações de FHC e afirmou "concordar plenamente" com o ex-presidente, de que a política do governo Lula não era uma continuidade da adotada durante o governo do PSDB. "Concordo plenamente com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, quando ele diz que a política econômica do presidente Lula não é uma continuidade da dele. E não é mesmo, porque a política de Lula visa o desenvolvimento econômico e a redução da desigualdade", afirmou ela, que fez apenas declarações e não quis responder às perguntas dos repórteres. Na realidade, o ex-presidente e o ministro trocaram elogios no encerramento dos debates do Fórum em Comandatuba. No final da palestra de Palocci, FHC disse que concordava com tudo o que tinha ouvido e, como resposta ouviu do ministro "que hoje está claro o quando a dedicação do ex-presidente Fernando Henrique e sua equipe foram importantes para promover um país mais equilibrado". O ministro declarou durante o Fórum que está dando continuidade à política econômica do ex-presidente e disse "não se sentir ofendido". "Se é igual e estiver correto, vou continuar fazendo isso por mais 10 anos", disse Palocci.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.