Marta fecha acordo com bloquinho para eleição em SP

Após semanas de negociações, a ex-ministra Marta Suplicy (PT) selou ontem a aliança com o chamado bloquinho de esquerda no Congresso, confirmando a escolha do deputado Aldo Rebelo (PC do B) para a vaga de vice, para a disputa paulistana. Apesar de o acordo estar praticamente acertado há vários dias, somente ontem o PT venceu as últimas resistências e concretizou a coligação.O acordo põe fim ao isolamento que marcou a candidatura de Marta após terem fracassado as negociações com o PMDB e o PR. A petista agora terá cerca de 7 minutos na propaganda eleitoral gratuita, ao encabeçar a chapa com PT, PC do B, PSB, PDT e PRB. O acordo será oficializado amanhã, num ato organizado pelo PT em São Paulo. A expectativa é de que estejam presentes, além da candidata e do vice, os presidentes e líderes de todos os partidos que integram o bloco.Desde o início da semana, o PT já tinha como certo o apoio da maioria do bloco, mas ainda trabalhava para convencer o PSB. O PSB também não conseguiu detalhar a participação que terá no governo em caso de vitória, demanda reiterada nos últimos dias. Mas obteve do PT a garantia de que terá um espaço no primeiro escalão, com secretarias e subprefeituras. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.