Marta e Lula têm de se justificar por pedido de voto

O juiz da 1ª Zona Eleitoral, José Joaquim dos Santos, determinou nesta sexta-feira que a prefeita de São Paulo e candidata à reeleição, Marta Suplicy, assim como o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, defendam-se, em 48 horas, da acusação de terem transgredido a legislação eleitoral. A notificação do juiz foi provocada por uma representação do Ministério Público Eleitoral, para o qual foi irregular a participação do presidente na inauguração da extensão da avenida Radial Leste, dia 19.Segundo o MPE, houve violação ao artigo 73, inciso I, da Lei 9.504/97. Segundo esse dispositivo, ?são proibidas aos agentes públicos, servidores ou não?, condutas ?tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos?, entre elas ?ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis? do poder público. A multa varia entre R$ 5.32 e R$ 106.410.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.