Marta diz ter 'ampla análise' do trânsito de São Paulo

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, afirmou hoje que tem uma "ampla análise" sobre as questões do trânsito em São Paulo. "Tenho várias considerações a fazer sobre isso. Se eu me tornar candidata, vocês vão ter uma ampla análise do que eu acho do trânsito na cidade de São Paulo", destacou. A afirmação de Marta foi no Playcenter, na capital paulista, após participar do Dia Nacional da Alegria, instituído hoje pelos empresários do segmento de parques de diversões.A partir de agora, os parques temáticos abrirão, gratuitamente, as portas, na segunda quarta-feira de abril, para instituições que atendem crianças carentes. No Dia Nacional da Alegria, questionada sobre o caos no trânsito e as críticas que a atual gestão municipal faze aos mandatos anteriores, sobretudo a ela, Marta disse que tem várias considerações a fazer sobre o tema, mas que não responderia pela seguinte razão: "Qualquer resposta que eu lhe dê, viro, imediatamente, candidata."Mesmo demonstrando que não abordaria os assuntos políticos, a ministra do Turismo comentou o resultado da mais recente pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), que lhe deu a liderança absoluta na corrida pela Prefeitura da capital. "A pesquisa teve um resultado muito bom e eu agradeço os que votaram porque é o reconhecimento de um trabalho", emendou. Marta também abordou o "carinho" que recebeu das crianças no Dia da Alegria, nas visitas que fez ao Parque da Mônica e ao Playcenter. "Foi muito gostoso", resumiu. Nesses locais, a ministra ganhou muitos beijos e abraços dos meninos e meninas, sorriu, acenou e até arriscou andar em alguns brinquedos, como o carrossel.Com um traje vermelho e branco, além de elogiar a iniciativa da primeira edição do Dia Nacional da Alegria, que, pelos cálculos dos organizadores, reuniu cerca de 50 mil menores carentes em 13 parques temáticos localizados nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País, Marta prometeu aos empresários deste segmento levar ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, a reivindicação de redução das alíquotas do Imposto de Importação (II) das máquinas e brinquedos usados na atividade.DiaO dia, idealizado pelo Sindicato Nacional de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), com o apoio da Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra), homenageou nesta primeira edição o empresário e empreendedor do setor Beto Carrero, que morreu em fevereiro. "É impossível mensurar o bem de proporcionar às pessoas uma experiência única de entretenimento com diversão, encantamento e emoção", destacou o diretor de Relações Institucionais do Sindepat, Alain Baldacci.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.