Marta diz que está ´disponível´ para ajudar Lula

Uma das principais cotadas para assumir um ministério no segundo mandato do presidente Luiz Inácio, a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), disse nesta segunda-feira que está "disponível" para ajudar. Em entrevista na área externa do Palácio do Planalto, ela ressaltou, no entanto, que mais importante do que falar em nomes da nova equipe é ajudar o governo a formar uma boa base no Congresso Nacional.Marta disse não ter sido convidada pelo presidente Lula para ocupar um cargo no Executivo. Ela também evitou comentar a situação de Ricardo Berzoini, que reassumiu a direção do PT. Na avaliação dela, o segundo mandato começa com clima "animador". "Temos agora um país estável. As engrenagens começaram a rodar", afirmou. Ela também espera que o governo destine recursos para a área social e para a infra-estrutura, mas "sem arriscar" na área econômica.Marta disse que não é momento para falar sobre a sucessão na prefeitura de São Paulo. A ex-prefeita desponta com uma possíveis candidatas do PT para a disputa. "Eu tenho que ficar calma. Não vou colocar a carroça na frente dos bois. Vocês (jornalistas) querem atropelar o processo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.