Marta desconversa sobre possível cargo no governo

A senadora petista afirmou que é preciso ter 'humildade' antes do resultado das eleições

Marcílio Souza, da Agência Estado,

31 de outubro de 2010 | 13h03

A senadora eleita Marta Suplicy (PT-SP) disse neste domingo, 31, que é importante ter "humildade" antes do resultado das eleições. Ela, no entanto, expressou otimismo com a possível vitória da candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff. "O momento é de seriedade e humildade. Existe a certeza da vitória, mas com muito pé no chão", afirmou. Marta também desconversou sobre se ela assumiria algum ministério em um possível governo Dilma.

 

"Eu fui eleita para o Senado agora. Espero cumprir (o mandato). Aliás, eu estou animada e achando que é um grande um desafio." Ela também desconversou sobre se ela ou o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) são cotados para disputar, em 2012, a Prefeitura de São Paulo.

 

Questionada sobre como seria a festa em uma eventual vitória de Dilma, Marta disse que "não tem festa preparada; só depois que for confirmada a vitória". A senadora eleita votou pouco antes do meio-dia em um colégio da zona sul de São Paulo, ao qual chegou a pé, sozinha e apenas com o RG em mãos.

 

A senadora destacou ainda a importância das reformas tributária e política para os próximos anos. "Vamos entrar em discussão logo sobre a reforma tributária e a política, que são as duas reformas que podem mudar o País, econômica e politicamente." Sobre a questão do aborto, ela disse que esse assunto "terá de ser discutido em algum momento", mas não entrou em detalhes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.