Marrocos pede apoio ao Brasil na ONU em disputa geopolítica

O Marrocos pediu apoio ao governo Luiz Inácio Lula da Silva a sua proposta de conceder autonomia à região Saharaui, no Sul do país. Trata-se do foco de uma disputa que se arrasta há quase duas décadas entre o Marrocos e a Argélia e que deverá ser decida no final de abril pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas. Nesta quarta-feira, o ministro marroquino das Relações Exteriores, Mohamed Benaissa, entregou ao presidente Lula uma carta do rei Mohamed V com o pedido de apoio e reforçou o convite para uma visita oficial ao país.A questão tornou-se prioritária para a chancelaria do Marrocos, que teme seu isolamento geográfico no continente africano se prevalecer a proposta da Argélia de criação de um novo Estado, o Suharaui. O Marrocos perderia sua fronteira com a Mauritânia e passaria a ter, como vizinhos, apenas o novo país Suharaui e a Argélia - ambos estreitamente afinados. A delegação marroquina já percorreu Washington, Paris, Madri, Berlim, Londres, Moscou e Buenos Aires.Benaissa deverá encontrar-se na quinta com autoridades do Chile - país que ocupa atualmente uma cadeira não-permanente no Conselho de Segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.