Fred Thornhill/Reuters
Fred Thornhill/Reuters

Mark Ruffalo, o Hulk dos cinemas, volta a incentivar jovens brasileiros a tirar título de eleitor

Desta vez, ator compartilhou a ação 'Olha o Barulhinho' e a hashtag #tiraotítulohoje; prazo acaba no dia 4 de maio

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2022 | 16h13

O ator Mark Ruffalo, que interpreta o Hulk nos filmes dos estúdios Marvel, voltou a usar suas redes sociais pedir aos seus seguidores brasileiros de 16 e 17 anos que não percam o prazo estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e tirem o título de eleitor até 4 de maio. 

“O que acontece no Brasil é importante para todos nós. Seu voto é seu poder. Use seu poder”, escreveu em publicação no Twitter nesta terça-feira, 26. 

O comentário do ator endossou uma campanha que incentiva os adolescentes a participarem das eleições e do debate político no Brasil. Com site próprio, a ação chamada “Olha o Barulhinho” foi desenvolvida pela agência Quid, que se apresenta como um “laboratório de comunicação e mobilização para causas” e desenvolve ações políticas no ambiente digital. 

Além de compartilhar o site da campanha, que ensina o passo a passo para tirar o título de eleitor, Ruffalo também publicou, em português, a hashtag #tiraotítulohoje, usada para impulsionar a campanha. 

A campanha interagiu com o comentário do ator e compartilhou uma montagem do personagem Hulk ao lado do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista. 

Essa não é a primeira vez que Ruffalo endossa campanhas de voto jovem no Brasil. Em março, ele compartilhou uma publicação da cantora brasileira Anitta, em outra iniciativa para que os adolescentes se cadastrem como eleitores. Na ocasião, ele defendeu que o voto dos adolescentes seria importante para “derrotar Bolsonaro”. 

O prazo final para registro do título é 4 de maio. O documento pode ser emitido de forma rápida pela internet. Veja tutorial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.