Marinho quer fazer reforma na previdência ainda este ano

O novo ministro da Previdência, Luiz Marinho, disse nesta quinta-feira que a intenção do governo é ter, ainda este ano, uma proposta "pronta e acabada" para a reforma da Previdência. Em entrevista no Palácio do Planalto após tomar posse no novo cargo, Marinho disse que a reforma será discutida no âmbito do Fórum Nacional de Previdência Social, que reúne representantes do governo, dos trabalhadores, de empresários e dos aposentados.Marinho reiterou que a reforma será discutida "olhando para o futuro", para surtir efeito na "próxima geração" de trabalhadores.O novo ministro também citou a nova contabilidade adotada pelo governo para apresentar as contas da previdência e disse que, separando-se os gastos com aposentadoria rural e com políticas sociais, o déficit da previdência é "pequeno". "Temos condições de, pela gestão, conduzir esse processo e preparar a reforma para a próxima geração", disse.Marinho também afirmou que o atual secretário de Previdência Social do Ministério, Helmut Schwarzer, "tem todas as condições de ficar" no cargo. O secretário está no Ministério da Previdência desde o início do primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Luiz Marinho estava no mandato anterior no Trabalho. A pasta foi assumida nesta manhã pelo presidente do PDT, Carlos Lupi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.