Marina tenta se aproximar de lideranças do agronegócio

Candidata à Presidência da República pelo PSB tenta quebrar resistência de parte do setor ao seu nome. Nesta sexta-feira, Dilma Rousseff e Aécio Neves também estarão na Expointer (RS)

GABRIELA LARA, CORRESPONDENTE, Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2014 | 15h49

Em visita ao Rio Grande do Sul, a candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, se reúne na tarde desta quinta-feira, 4, com 15 membros da Federação da Agricultura do Estado (Farsul). O encontro, fechado, foi organizado pelo candidato a vice, o gaúcho Beto Albuquerque, que acompanha a ex-senadora.

Com a visita à Expointer, feira internacional do agronegócio em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre, se aproximar de lideranças do setor. Depois de almoçar com aliados do PSB em um hotel de Porto Alegre, ela se dirigiu ao local. Este é o primeiro contato de Marina com o presidente da Farsul, Carlos Sperotto, após a confirmação de sua candidatura ao Palácio do Planalto.

A entidade, uma das mais conservadoras do agronegócio gaúcho, deve apresentar reivindicações do setor à Marina, que nas últimas semanas vem mantendo uma série de reuniões e conversas com representantes do setor agrícola para quebrar a resistência de alguns nomes à sua candidatura.

A expectativa é de que após o encontro ela faça uma caminhada pela feira. Nesta sexta-feira, 5, a presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição, e o candidato Aécio Neves (PSDB) também estarão na Expointer.

Tudo o que sabemos sobre:
ELEIÇÕESMARINARSagricultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.