José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Marina Silva é internada com dores abdominais

Diagnóstico de ex-ministra 'ainda está em fase de investigação'

Valmar Hupsel Filho, O Estado de S.Paulo

05 de junho de 2017 | 19h55

A ex-ministra do Meio Ambiente (2003-2008), Marina Silva (Rede), foi internada no sábado, 3, no Hospital de Brasília, após sentir fortes dores na região abdominal. A informação foi divulgada pela sua assessoria na página da ex-ministra no Facebook.

Segundo o texto, Marina, que foi candidata à Presidência em 2010 e 2014, está sendo acompanhada pelo endocrinologista Luis Augusto Bianchi, que também é clínico-geral. O diagnóstico, segundo a assessoria, “ainda está em fase de investigação”.

“Manteremos todos atualizados sobre o transcorrer dos acontecimentos e informamos que Marina já apresenta melhoras”, diz o texto.

Confira a íntegra da nota:

Durante a última semana, Marina Silva sentiu fortes dores na região abdominal e no sábado, 3 de junho, por recomendação médica, foi internada para realizar exames e monitorar o andamento do seu quadro clínico no Hospital Brasília. O diagnóstico da causa ainda encontra-se em fase de investigação aos cuidados do Dr. Luis Augusto Bianchi. Contamos com o apoio e orações de todos para que sua recuperação aconteça rapidamente. Manteremos todos atualizados sobre o transcorrer dos acontecimentos e informamos que Marina já apresenta melhoras. Neste dia tão especial, o Dia Mundial do Meio Ambiente, Marina reforça a importância de nos mantermos alertas na defesa do desenvolvimento sustentável, do pleno funcionamento das instituições e da nossa democracia.

Assessoria de Imprensa de Marina Silva

 

Mais conteúdo sobre:
RedeMarina Silvadiagnóstico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.