Marina pede punição por vazamento de dados da Receita

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, defendeu hoje que os responsáveis pelo vazamento de informações da Receita Federal sejam punidos, depois de a responsabilidade deles ficar comprovada em uma investigação que, embora rigorosa, garanta o amplo direito à defesa, "pois não estamos em uma sociedade de justiçamento", segundo disse. Para Marina, também devem ser punidos "aqueles que lançam mão de informações adquiridas de forma ilegal e fraudulenta para prejudicar quem quer que seja. Esta punição, é claro, é dada pela sociedade, pelo cidadão", explicou.

MARCELO AULER, Agência Estado

09 Julho 2010 | 17h55

Marina insistiu no discurso de que processo eleitoral não pode ser um vale tudo. "Toda e qualquer informação que extrapole o Estado Democrático de Direito não deve ser tolerada, nem pelas instituições, nem pelos candidatos e, principalmente, pela sociedade. Em uma eleição, se tem que provar que se é capaz de respeitar as instituições públicas. Se, para ganhar, não se respeitam as instituições e o jogo democrático, é um sinal de que quando estiver com o poder na mão, fará pior", argumentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.