Marina diz ter se emocionado em visita à terra natal de Lula

'Aqui nasceu o menino Lula, aqui ele já chorou, mamou e virou presidente da República', afirmou em discurso no Colégio Presbiteriano XV de Novembro, em Garanhuns, agreste pernambucano

Ângela Lacerda, de O Estado de S. Paulo

31 de março de 2010 | 13h54

Em visita, nesta quarta-feira, 31, a Garanhuns, a 230 quilômetros do Recife, no agreste pernambucano, terra natal do presidente Lula, a pré-candidata do PV à presidência, Marina Silva, disse ter ficado muito emocionada. "Aqui nasceu o menino Lula, aqui ele já chorou, mamou e virou presidente da República", afirmou em discurso no Colégio Presbiteriano XV de Novembro, onde plantou uma das 110 mudas de plantas nativas em comemoração aos 110 anos do estabelecimento. Marina plantou uma muda de pau Brasil.

 

Depois, em entrevista coletiva, ela, que faz sua primeira incursão no Nordeste na condição de pré-candidata do partido, disse não ter uma estratégia diferente na terra do presidente, onde a popularidade dele e da sua candidata, a ministra Dilma, são fortes. Garantiu que seu discurso será o mesmo em todas as regiões brasileiras.

 

A emoção de estar em Garanhuns, é natural, segundo ela, para alguém que passou 30 anos ao lado de Lula, a quem tem afeto. "Sou professora de História, chego na cidade que o homem nasceu, fico emocionada."

 

A senadora se reuniu com lideranças locais do PV e no início da noite vai assistir à encenação da Paixão de Cristo em Nova Jerusalém, no município de Brejo da Madre de Deus, também no agreste pernambucano.

Mais conteúdo sobre:
Marina SilvaLulaeleições 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.