Marina diz que sua mensagem chega 'na hora certa'

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, disse hoje que sua mensagem ambientalista está chegando aos ouvidos dos eleitores. "A mensagem é certa e chega na hora certa", afirmou Marina, que participa nesta manhã de sabatina promovida pelo jornal O Estado de S. Paulo. Ela destacou seu respeito pelos adversários e a busca por um novo estilo de fazer política. A candidata do PV defendeu também o combate ao desperdício nos gastos públicos.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

01 de setembro de 2010 | 11h02

Marina rebateu a ideia de que "governar com os melhores" seja utópica. Ela afirmou que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, convidou a adversária Dilma Rousseff (PT) e ela própria para participar de um futuro governo tucano. "Acho que é possível trabalhar por um realinhamento político no Brasil", defendeu.

A candidata descartou sentir embaraço por ter apoio político do deputado Zequinha Sarney (PV-MA). "Ele fez uma inflexão na vida dele e isso precisa ser reconhecido", disse, ao destacar a luta pelo meio ambiente do filho do ex-presidente da República e atual presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.