Marina deve apresentar nova versão de programa na terça

Depois de criticar os adversários na corrida presidencial por "não terem se preparado para o debate", chegou a vez de a candidata do PV, Marina Silva, fazer mudanças nas diretrizes para seu plano de governo. A candidata lançará na próxima terça-feira, em São Paulo, a nova versão do documento. O texto deverá trazer detalhamentos técnicos das diretrizes protocoladas no início do mês no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

AE, Agência Estado

23 Julho 2010 | 11h25

As alterações foram sugeridas por internautas e especialistas que apoiam sua campanha. "Não mudam os conceitos, não muda eixo nenhum. É um aprimoramento feito a partir das contribuições recebidas tanto de especialistas quanto de pessoas comuns", explica João Paulo Capobianco, coordenador da campanha.

Desde a oficialização da candidatura, as diretrizes do programa ficaram disponíveis para consulta no site de Marina. Os visitantes puderam fazer sugestões, compiladas depois pelos responsáveis pelo plano de governo do PV, coordenados pelo economista Paulo Sandrini. Entre os colaboradores do texto estão a socióloga Maria Alice Setubal, que cuida das políticas para a educação, e o ex-secretário nacional de Segurança Pública Luiz Eduardo Soares, responsável pela segurança. As propostas econômicas são chanceladas por Eduardo Giannetti da Fonseca e Amir Cury. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.