Marina cita responsabilidade de Dilma no caso Petrobras

A candidata do PSB à presidência da República, Marina Silva, disse neste sábado que a presidente Dilma Rousseff "tem responsabilidade política" com os fatos envolvendo suspeitas de corrupção dentro da Petrobras. Ela citou que Dilma está no governo há 12 anos e, inclusive, foi ministra de Minas e Energia, pasta à qual a estatal está subordinada. "Não posso dizer e espero que ela não tenha responsabilidade direta" sobre tais fatos relativos à companhia. A candidata fez os comentários em entrevista coletiva em São Paulo.

RICARDO LEOPOLDO, Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2014 | 17h33

Marina também destacou que o governo Dilma vai ser encerrado em condições econômicas piores do que quando assumiu. Ela citou que a administração federal admite que o crescimento do PIB será de 0,9% neste ano, bem abaixo da média de 4,6% registrada no segundo mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Além disso, os juros e a inflação estão muito altos", destacou. Ela afirmou que um número muito grande de cidadãos estão endividados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.