Marina aposta em 'onda verde' e 2º turno feminino

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, se posicionou hoje como a única candidata viável para um possível segundo turno contra a presidenciável do PT, Dilma Rousseff. "O cenário ainda é de muita incerteza para se descartar o segundo turno. A população está mostrando que quer o feminino na Presidência do País. Tenho certeza de que a onda verde vai colocar duas mulheres nesta disputa", disse Marina, em entrevista à imprensa esta manhã, no Hotel Windsor, na Barra, Rio de Janeiro.

GABRIELA MOREIRA, Agência Estado

30 de setembro de 2010 | 14h25

Sobre as acusações de que há contra Dilma uma central de boataria, Marina negou a existência e qualquer tipo de envolvimento em coisas do gênero. "Minha candidatura não promove nenhum tipo de boato. O que há entre os adversários é uma quantidade de blogs que disputam entre eles mesmos. Nós temos levado o debate com respeito".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.