Mares Guia nega articulação do governo para livrar Renan

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Walfrido dos Mares Guia, negou hoje que o governo esteja articulando qualquer tipo de defesa em prol do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), suspeito de ter suas contas pessoais pagas por um lobista da construtora Mendes Júnior. Ele desmentiu ainda a informação que o Executivo estaria recomendando aos membros do PT uma votação favorável a Calheiros. "Eu sou o articulador do governo e não tenho nenhuma recomendação para isso", disse.Mares Guia esteve hoje no Rio de Janeiro para participar, como convidado, do Fórum de Reitores do Rio, realizado na Universidade Cândido Mendes (UCM). Ele foi questionado por repórteres se o governo já estaria trabalhando em um novo nome para substituir Calheiros na presidência do Senado. "Se nós estivéssemos pensando nisso, já estaríamos condenando ele. E isso nós não podemos fazer", respondeu.Na avaliação de Mares Guia, todos os membros do governo têm uma posição sobre o assunto mas, não necessariamente, isso conduz a uma influência para aqueles que irão votar, para decidir se encaminha ou não ao plenário pedido de cassação do mandato do senador . "Você pode chegar perto de um deputado e dar sua opinião e ele votar com a opinião dele. Esse caso tem um trâmite, um processo, um julgamento. Tem um parecer daqueles que são os relatores. Tem o direito de defesa. É muito difícil, do lado de fora, tomar um partido a favor ou contra", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.