Mares Guia deixa ministério após denúncia por mensalão mineiro

O ministro das RelaçõesInstitucionais, Walfrido dos Mares Guia, entregará ainda nestaquinta-feira ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, uma cartacom o pedido de afastamento temporário do cargo, informou aassessoria de imprensa do ministério. Mais cedo, o procurador-geral da República, AntonioFernando de Souza, havia protocolado no Supremo TribunalFederal (STF), denúncia contra Mares Guia por envolvimento nomensalão mineiro, suposto uso de caixa 2 na campanha dereeleição do então governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo(PSDB), em 1998. (Texto de Alexandre Caverni)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.