Mares Guia: Câmara pode votar CPMF até o fim do mês

O ministro das Relações Institucionais, Walfrido dos Mares Guia, disse que pelo que conversou com o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), dá para a Casa votar até o final de setembro, em dois turnos, o projeto de emenda constitucional que prorroga a Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF). Ele disse que conseguiu convencer senadores e prefeitos de que a CPMF já é compartilhada, porque vai para uma série de programas como o Fundo de Pobreza e saúde. Segundo o ministro, o importante é que o projeto seja aprovado do jeito que está, com uma alíquota de 0,38%. Ele admitiu, porém que se for possível alguma melhoria, sem prejudicar o ajuste fiscal, ela poderá ser discutida. Mas reafirmou que a questão da desoneração da folha de pessoal só deve ser discutida na reforma tributária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.