Marco Aurélio volta a atacar PT

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tachou o PT de "autoritário" ao se referir à reclamação que o partido protocolou no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra ele, baseada em seus comentários sobre o possível caráter eleitoreiro de programas do governo federal. "Paira no ar um viés autoritário, muito embora não tenhamos mais campo no Brasil para retrocessos em termos do Estado Democrático de Direito", disse, ao discursar em evento sobre seguros, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.