Marco Aurélio alerta para efeito cascata de aumento salarial

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta sexta-feira, em tom de ironia, que os parlamentares brasileiros são felizes porque reajustaram os próprios salários. "Felizes são aqueles que podem se autoconceder aumento" afirmou o ministro, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ao ser questionado por jornalistas se é inconstitucional o reajuste do Congresso já que não está previsto em lei. Marco Aurélio previu que o aumento pode provocar um efeito cascata. "A Constituição Federal cogita da fixação dos subsídios dos deputados estaduais a partir do que percebem os integrantes do Congresso e toda vez que uma categoria alcança um patamar remuneratório mais satisfatório, a tendência é outros segmentos reivindicarem. A temporada está aberta", alertou.O salário dos integrantes do Congresso será de R$ 24,5 mil, valor pago atualmente aos ministros do STF, que são o teto do funcionalismo público.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.