Dida Sampaio|Estadão
Dida Sampaio|Estadão

Marcela Temer fará 'estreia' em eventos oficiais no Planalto

Por se tratar de um evento militar, que possui regras rígidas, primeira-dama passou por treinamento para garantir que sua participação siga o ritual

Carla Araújo e Tânia Monteiro, O Estado de S. Paulo

02 de agosto de 2016 | 23h56

Brasília – Casada com o presidente em exercício, Marcela Temer vai participar nesta quarta-feira, 3, de seu primeiro evento oficial no Palácio do Planalto. Ela estará ao lado do presidente em exercício, Michel Temer, na cerimônia que formalizará a promoção de oficiais generais. O decreto de promoção foi assinado na semana passada por Temer.

Segundo fontes do Planalto, por se tratar de um evento militar, que possui regras bastante rígidas, Marcela Temer inclusive passou por treinamento para garantir que sua participação siga o ritual.

Marcela Temer também estará ao lado do presidente em exercício durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, no próximo dia 5, no Rio de Janeiro. Inicialmente, cogitou-se de que além do casal, o filho caçula, Michelzinho, também participasse do evento. No entanto, além do dia intenso de atividades que estão previstas no Rio, pelas regras Comitê Olímpico Internacional a criança teria que ficar em um local distinto dos pais e por isso Temer decidiu não levá-lo.

O presidente em exercício já tem dito também que a primeira-dama avalia a possibilidade de desenvolver trabalhos sociais. A iniciativa, entretanto, só será efetivada após a conclusão do processo de impeachment.

No início de julho, após uma série de protestos em frente a sua residência em São Paulo e com a possibilidade de se efetivar no cargo, Temer decidiu trazer a esposa e seu filho caçula para morarem em Brasília.

Na semana passada, Temer e a esposa foram buscar Michelzinho em seu primeiro dia de aula na capital. A movimentação da imprensa na escola irritou alguns pais e alunos. A imprensa foi avisada pela assessoria do Planalto que Temer buscaria o filho na Escola e que poderiam ser feitas imagens. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.