Maranhão ainda não registra prisões ligadas à eleição

De acordo com o TSE, as forças federais de segurança estão presentes em 52 cidades maranhenses neste domingo, para garantir a votação

Fabrício de Castro, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 14h49

BRASÍLIA - No foco das tensões nos dias que antecederam as eleições, o Estado do Maranhão ainda não registrou neste domingo, 2, nenhuma prisão relacionada às eleições municipais. Nenhum candidato ou pessoas envolvidas com crimes eleitorais foram detidos até as 11h54. 

A situação destoa do que é percebido em outros Estados. Em Minas Gerais, que até agora é o Estado campeão em detenções, foram presos até o momento 26 candidatos e 90 não candidatos, a maioria pelos crimes de boca de urna e divulgação de propaganda.

De acordo com o TSE, as forças federais de segurança estão presentes em 52 cidades do Maranhão neste domingo, para garantir a votação. Em todo o País, as tropas estão presentes em 467 cidades.

Apesar de nenhuma prisão com justificativa eleitoral ter ocorrido no Maranhão até o momento, há relatos no Estado de violência e atos criminosos em algumas cidades. 

Mais conteúdo sobre:
Minas GeraisTSEMaranhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.