Mão Santa recorre ao Supremo para tentar voltar a governar o Piauí

O ex-governador do Piauí Francisco Mão Santa e o ex-vice Osmar Ribeiro de Almeida entraram nesta quinta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF) com medida cautelar, com pedido de liminar, contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de afastá-los dos cargos.Eles contestam provas e depoimentos apresentados no processo que respondem por abuso de poder político e consideram ilegítima sua substituição por Hugo Napoleão e Felipe Mendes de Oliveira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.