Manuela e Fortunati lideram pesquisa de intenções de voto na capital gaúcha

Deputada do PCdoB e atual prefeito pelo PDT estão em situação de empate técnico, segundo levantamento

Elder Ogliari, de O Estado de S.Paulo

05 de outubro de 2011 | 14h30

PORTO ALEGRE - A deputada federal Manuela D''Ávila (PCdoB) e o prefeito José Fortunati (PDT) lideram pesquisa de intenções de voto para a eleição de 2012 em Porto Alegre divulgada nesta quarta-feira, 5, pelo jornal Correio do Povo. Candidatos já definidos por seus partidos, os dois estão em situação de empate técnico em quatro cenários propostos pelos entrevistadores. Um quinto cenário não continha o nome da parlamentar comunista.

Manuela aparece como primeira colocada em três cenários. Com a vereadora Sofia Cavedon como candidata do PT, a deputada federal tem 32,3% das intenções de voto contra 31,2% do prefeito. Com outro vereador, Adeli Sell, como candidato do PT, os índices são de 34,7% a 32,0%. E em simulação sem candidatura do PT, passam a 35,3% a 33,5%. Fortunati lidera em dois cenários. Em um deles, com a deputada federal Maria do Rosário como candidata do PT, ele tem 29,3% da preferência, contra 28,5% de Manuela. Em outro, sem a comunista na disputa, tem 35,7%, enquanto Maria do Rosário tem 25,8%. Quando citados, os possíveis candidatos petistas têm índices bem inferiores aos dos dois líderes. Sofia tem 5,8%, Sell tem 3,5% e Maria do Rosário 13,2% em um cenário e 25,8% em outro. Na consulta de resposta espontânea Fortunati tem 9,5%, Manuela 4,0% e Maria do Rosário 1,8%.

A consulta também traçou três cenários para o segundo turno, nos quais Manuela venceria Fortunati por 44,0% a 42,7% e Maria do Rosário por 49,2% a 28,3%, enquanto Fortunati ganharia de Maria do Rosário por 48,7% a 33,5%.

A pesquisa foi feita pelo Instituto Methodus para o jornal Correio do Povo entre os dias 27 e 28 de setembro. Foram ouvidos 600 eleitores. A margem de erro é de quatro pontos porcentuais para mais ou para menos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.