Mantega: sem PSDB, governo busca 49 votos da CPMF

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que, se não houver acordo com o PSDB para a aprovação da emenda constitucional que prorroga a CPMF, o governo vai buscar os 49 votos necessários para aprovação. Ele admitiu, no entanto, que, com o apoio do PSDB, a votação será mais tranqüila.O ministro calculou em cerca de R$ 4 bilhões a desoneração prevista para 2008 na proposta apresentada ao PSDB. Desse total, R$ 2 bilhões se referem à desoneração da CPMF para pessoa física, R$ 1 bilhão são referentes à desoneração da redução do prazo de aproveitamento dos créditos do PIS/Cofins na aquisição de bens de capital e cerca de R$ 750 milhões são decorrentes da ampliação de lista de bens de capital sujeitos à depreciação incentivada.O ministro estimou em R$ 2 bilhões a desoneração do PIS e da Cofins no aproveitamento de crédito em 2009.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.