Mantega falou o que não devia, diz Lula

O presidente de honra e presidenciável do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, disse hoje que seu principal assessor econômico, Guido Mantega, "falou o que não deveria". Lula referiu-se às declarações feitas pelo economista na última quarta-feira, em palestra a empresários no Lloyds Bank, afirmando que "os radicais (do PT) são uma minoria inexpressiva e que não apitam nada em matéria econômica".Lula afirmou que o assunto, no entanto, não será levado "a ferro e fogo". "O Guido já conversou com o Genoíno (José Genoíno, presidente em exercício do PT). Ele é um extraordinário assessor econômico e continuará sendo", afirmou Lula.Para o presidente de honra do PT, afirmações como a de Guido são feitas "toda vez que um economista, que não é político, entra na política corre o risco de falar bobagem".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.