Mantega defende prorrogação da CPMF na CNI

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, defenderá hoje a proposta de prorrogação da vigência da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), informou hoje sua assessoria de imprensa. A defesa será feita em reunião, hoje à tarde, com o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), deputado Armando Monteiro Neto (PTB-PE), e com empresários do setor.Esse compromisso do ministro da Fazenda não consta de sua agenda oficial. A proposta de emenda constitucional que prorroga a cobrança da CPMF foi aprovada em primeiro turno pelo plenário da Câmara dos Deputados, onde terá de ser votada ainda em segundo turno antes de ser encaminhada ao plenário do Senado, onde terá que ser votada mais duas vezes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.