Mansur pedirá reintegração de posse de fazenda invadida

O empresário Ricardo Mansur deve entrar amanhã no Plantão Judiciário de Avaré com pedido de reintegração de posse da Fazenda São Gonçalo invadida neste sábado por 300 famílias do Movimento dos Sem-Terra (MST). o irmão do empresário, Carlos Mansur, procurou o plantão da polícia civil em Avaré para registrar a invasão. Segundo ele a área ocupada pelos sem-terra tem apenas 370 hectares e pertence a Ricardo. Parte da gleba está arrendada para produtores de cana de açúcar e o restante tem pasto formado com gado. Mansur foi orientado pela União Democrática Ruralista (UDR) a notificar o Incra de que as terras não podem ser destinadas à reforma agrária por que não totalizam o módulo mínimo passível de desapropriação.O proprietário também vai requerer que a fazenda seja excluída de eventuais vistorias pelo período de dois anos por ter sido invadida como prevê a medida provisória anti-invasão editada no governo de Fernando Henrique Cardoso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.