ED FERREIRA/ESTADAO
ED FERREIRA/ESTADAO

Manifestantes protestam contra Dilma no RS

Grupo ligado à paralisação dos caminhoneiros driblou as barreiras formadas pelo Exército nos entornos da região do evento onde a presidente vai inaugurar um parque eólico

Ricardo Chapola, enviado especial, O Estado de S. Paulo

27 Fevereiro 2015 | 15h47

Santa Vitória do Palmar  - Um grupo de cerca de 150 pessoas ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Autônomos de Carga realizaram um protesto contra a presidente Dilma Rousseff em Santa Vitória do Palmar (RS), cidade gaúcha localizada na fronteira com o Uruguai onde ela vai inaugurar o parque Eólico de Geribatu. Os manifestantes carregavam faixas com mensagens como "fora Dilma" e "basta de fanfarras no governo".  

Outras pessoas do movimento erguiam cartazes pedindo a redução dos pedágios e a valorização dos fretes. A região sofre com a greve dos caminhoneiros, que há uma semana vem reivindicando, principalmente, a redução do preço do diesel. A paralisação tem feito que muitas cidades do Estado fiquem desabastecidas, com falta de alimentos nos supermercados e de combustíveis nos postos. 

Os manifestantes iniciaram o protesto antes da chegada de Dilma. Eles driblaram as barreiras formadas pelo Exército nos entornos da região do evento, onde era feito o controle de entrada das pessoas pelos militares. 

A imprensa, que foi direcionada pelo cerimonial da Presidência a uma área restrita, foi proibida pelos seguranças a deixar o cerco para acompanhar o protesto. Somente alguns fotógrafos que ainda não tinham feito o credenciamento conseguiram se aproximar dos manifestantes. Enquanto fotografavam, agentes da Polícia Federal tentavam impedir que eles registrassem a manifestação. 

Mais conteúdo sobre:
Dilma Rousseffprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.