Manifestantes protestam contra a guerra em São Paulo

Cerca de 500 pessoas, entre elas muitos punks, realizam na tarde deste sábado, uma manifestação contra o terrorismo e a guerra na Avenida Paulista, no centro de São Paulo. Parte da avenida foi interditada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Não foi registrado incidente, segundo informações iniciais da CET.Os manifestantes levam bandeiras do Brasil, da Palestina e de Israel e também cartazes e faixas com dizeres contrários a um ataque dos EUA no Afeganistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.