Manifestantes levam "ACM enjaulado" às ruas

Numa demonstração de desafio ao "carlismo", sindicatos, organizações estudantis e partidos de esquerda realizaram mais uma manifestação na capital baiana, levando um "ACM enjaulado" para as ruas. Numa carroça puxada por cavalo, colocaram uma jaula e dentro um sindicalista fazendo o "papel", do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), com barriga postiça, máscara e um chicote na mão. O ato que atraiu cerca de 15 mil pessoas, foi encerrado com um show de Juliana Caymmi, neta de Dorival Caymmi, um dos mitos baianos. A Polícia Militar não interferiu, apesar da confusão no trânsito.A cena da carroça com jaula foi tão desconcertante que as pessoas nas ruas reagiam rindo. Alguns que não gostam de ACM aproveitavam para xingá-lo e ofendê-lo como se fosse o verdadeiro. "Você é um ladrão!", atacou um senhor que tomava cerveja num dos bares da Praça do Campo Grande, ao ver o "inimigo" enjaulado. Junto com a provocação ao pefelista, os manifestantes levavam centenas de faixas e cartazes pedindo a cassação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.