Manifestantes furam esquema de segurança de Lula

Um grupo de oito estudantes conseguiu furar o bloqueio da segurança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e se posicionou a cerca de 50 metros do palanque montado para os discursos na inauguração da subestação de energia de Viana (ES). Os estudantes ficaram atrás de um alambrado e estenderam faixas nas quais cobram uma ação do governo federal que coíba ações da empresa Aracruz no desmatamento de terras naRegião. Segundo os manifestantes, a Polícia Federal teria agido em parceria com a empresa Aracruz para derrubar parte da mata próximo à cidade de Viana. Outros 40 estudantes que pertenciam ao mesmo grupo de manifestantes foram barrados antes da entrada da subestação.*A repórter viajou a convite de Furnas Centrais Elétricas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.