IRANDY RIBAS/TRIBUNA DE SANTOS
IRANDY RIBAS/TRIBUNA DE SANTOS

Manifestantes fazem ato em frente a tríplex alvo da Lava Jato

Protesto no Guarujá, no litoral sul de São Paulo, começou duas horas antes do previsto

Luiz Alexandre Souza Ventura, Especial para O Estado de S. Paulo

13 de março de 2016 | 15h54

SANTOS - Um pequeno grupo de pessoas se reuniu no Guarujá, litoral sul de São Paulo, em frente ao prédio onde fica a cobertura tríplex alvo de investigações da Polícia Federal na Operação Lava-Jato. O protesto começou aproximadamente duas horas antes do previsto. Segundo a PF, o imóvel seria de propriedade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e teria sido reformado pela empreiteira OAS, ao custo de R$ 777 mil, pagos com dinheiro de propina no esquema da Petrobras.

Na Baixada Santista, quatro manifestações contra o governo federal e o Partido dos Trabalhadores estão confirmadas para este domingo, 13. Duas em Santos, que devem se encontrar às 16h na Praça da Independência, no bairro do Gonzaga, e outras duas em Guarujá e Praia Grande. Os organizadores acreditam que aproximadamente 5 mil pessoas devem comparecer aos atos somente em Santos. Nos protestos de março do ano passado, participaram mais de 11 mil pessoas, segundo a Polícia Militar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.