Ricardo Galhardo/Estadão
Ricardo Galhardo/Estadão

Temer é recebido por manifestantes do MTST em São Paulo

Planalto já havia mudado, de última hora, o local do evento para evitar protestos em São Bernardo; grupo protesta contra desocupação do terreno na cidade do ABC, onde 7 mil famílias estão acampadas

Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2017 | 17h26

Cerca de 300 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) protestam em frente a uma concessionaria da Mercedez Benz onde o presidente Michel Temer vai participar de uma cerimônia de entrega de ambulâncias no bairro do Limão, em São Paulo.

Os manifestantes vieram da Ocupação Povo Sem Medo, em São Bernardo do Campo. O presidente chegou de carro ao evento.

+ Temer cancela viagem ao ABC para evitar protesto de sem-teto

Segundo Josué Rocha, da coordenação do MTST, os motivos do protesto são a desocupação do terreno em São Bernardo, onde 7 mil famílias estão acampadas há um mês, a liberação das contratações de 35 mil unidades do Minha Casa Minha Vida para 2017 e a liberação de verbas para programas de motadia popular em 2018.

"Na proposta orçementária enviada ao Congresso, a previsão é de zero reais para moradia", disse Rocha.

Mudança. O Palácio do Planalto decidiu de última hora mudar de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, para São Paulo a cerimônia de entrega de 225 ambulâncias pelo presidente Michel Temer marcada para esta quarta-feira, 4. 

Segundo o Planalto, não houve mudança – pelo menos desde sexta-feira, 29, a intenção era fazer a cerimônia em São Paulo e um erro operacional do setor de credenciamento da Presidência motivou a confusão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.