Manifestantes atiram ovo contra carro de Serra na Grande SP

Cerca de 50 pessoas, muitas ligadas à Apeoesp, protestaram contra o governador durante inauguração de Etec

Julia Duailibi, de O Estado de S.Paulo,

17 de março de 2010 | 18h50

Manifestantes tentaram impedir a saído do carro que levava o governador. Ernesto Rodrigues/AE

 

FRANCISCO MORATO, SP - O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), enfrentou grande tumulto na saída da inauguração de uma Etec no município de Francisco Morato, na Grande SP.

 

Cerca de 50 manifestantes, muitos deles ligados a Apeoesp, tentaram impedir a saída do carro que levava o governador com chutes e murros. Um ovo chegou a atingir a parte traseira do veículo. Muitos usavam as palavras de ordem "Serra a culpa é sua, professor esta na rua" e xingavam a comitiva.

 

O carro teve a passagem obstruída, levando a um empurra-empurra entre os manifestantes, polícia e seguranças particulares do governador. Alguns pegaram pedaços de pau com pregos para ameaçar a polícia.

 

Pouco antes disso, ao terminar seu discurso dentro da Etec, Serra foi provocado por um grupo de estudantes, que gritou "Brasil urgente, Dilma presidente."

 

O prefeito da cidade, José Aparecido Bressane, que é do PT, estava no local.

Manifestantes protestam contra o governo de José Serra; grevistas pedem reajuste de 34%

 

Parte dos professores da rede pública estadual está em greve desde o dia 5 de março. Eles reivindicam reajuste salarial de 34% retroativo 2005.

Tudo o que sabemos sobre:
Serraeleições 2010greveApeoespEtec

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.