Manifestação fez FHC cancelar viagem

O porta-voz do Palácio do Planalto, Geroges Lamazière, confirmou que o presidente Fernando Henrique Cardoso cancelou a visita que faria amanhã à Usina Hidrelétrica de Machadinho (SC), a 140 quilômetros da cidade de Chapecó, na divisa de Santa Catarina com o Rio Grande do Sul. Lamazière explicou que o cancelamento se deve ao fato de manifestantes terem invadido o canteiro de obras da usina. Os manifestantes integram o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e reivindicam o reassentamento de 383 famílias que teriam sido prejudicadas pela usina. "Como os invasores estavam ali para prejudicar o andamento da obra, o presidente cancelou a ida para permitir que a obra avance, porque o Brasil tem pressa", afirmou o porta-voz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.