Manifestação em Fortaleza tem 30 detidos

Pessoas estavam mascaradas; desfile de 7 de setembro teve a participação de 4,3 mil

Lauriberto Braga, Fortaleza,

07 de setembro de 2013 | 11h14

(Atualizada às 12h25) FORTALEZA - Os protestos no desfile cívico militar em Fortaleza neste sábado, 7, foram reprimidos e tiveram 30 pessoas detidas pela Polícia Militar. Todas elas estavam mascaradas e portando bombas de gás, paus, pedras. Uma delas estava com um manual da guerrilha na mochila. 

O desfile do 7 de setembro na Avenida Beira Mar teve a participação de 4,3 mil pessoas. Devido à segurança com mais de mil homens imposta na parada cívico militar, os maiores protestos de Fortaleza foram transferidos para o período da tarde.

Entre as manifestações que ainda devem ocorrer estão o Grito dos Excluídos, "o maior protesto do Brasil" e "Fora Renan".

Um grupo de policiais federais se manifestou ao lado da tribuna de honra do desfile, reclamando pacificamente contra o que eles chamaram de sucateamento da corporação. O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB) não compareceram ao desfile.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.