Manifestação do MST interdita BR-174, em Mato Grosso

Grupo reivindica pelo pagamento da Fazenda Panorama, depositando os títulos em Juízo

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

19 de maio de 2009 | 13h59

Uma manifestação realizada por cerca de 150 integrantes do acampamento Silvio Rodrigues, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), interdita a BR-174, na altura do quilômetro 76, no município de Mirassol do Oeste, em Mato Grosso, perto do trevo que de acesso à Glória D`Oeste, desde as 6h30 desta terça-feira, 19. Não há previsão para liberação da estrada. Os carros devem desviar por Mirassol do Oeste e os caminhões por São José dos Quatro Marcos.

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o grupo reivindica pelo pagamento da Fazenda Panorama, depositando os títulos em Juízo; transferência do processo da Fazenda Rio Azul para Brasília, pois o Incra do Estado de Mato Grosso não mostra interesse em sua obtenção; desapropriação da Fazenda Santa Rosa I, no município de Sorriso, no Mato Grosso; notificação do proprietário da Fazenda Frei Crispim, no município de União do Sul, no Mato Grosso; e criação dos projetos dos assentamentos "Olga Benário" e "Renascer", no município de União do Sul.

 

Os manifestantes ainda pedem a retomada da Fazenda São Paulo, no município de Mirassol do Oeste; retomada da Fazenda Palmital, no município de Nova Olímpia, Mato Grosso; aquisição da Fazenda Nossa Senhora Aparecida, do município de Salto do Céu, no Mato Grosso; e 10 mil cestas básicas.

Mais conteúdo sobre:
MST

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.