Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Manifestação contra Bolsonaro termina em confronto em São Paulo

PM dispara bombas de efeito moral contra grupo; ao menos uma pessoa foi presa

O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2018 | 23h44

Uma manifestação contra o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), que começou na Avenida Paulista terminou em confronto na região central de São Paulo na noite desta terça-feira, 30. O ato, divulgado pelas redes sociais, foi organizado pela Frente Povo Sem Medo, pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e centrais sindicais.

Por volta das 22h30, quando parte dos manifestantes já começava a se dispersar, um grupo atirou pedras e garrafas na polícia, que revidou com bombas de efeito moral e balas de borracha, próximo à Praça Rossevelt.  Ao Estado, a PM informou que um manifestante foi detido.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.