Mangabeira promove aproximação com Colômbia

Em janeiro, o ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, virá ao Brasil negociar tecnologias para a defesa e vigilância comum na Amazônia, com o uso de micro-satélites e satélites de alta resolução. Também proporá colaboração em pesquisas para agrocombustíveis, entre outros itens.A aproximação com a Colômbia tem sido conduzida pelo ministro de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, responsável, com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, pela Estratégia Nacional de Defesa lançada anteontem. Nos últimos meses ele se reuniu com ministros colombianos e com o presidente Álvaro Uribe. "Quarenta por cento das exportações colombianas são para os Estados Unidos, todas de baixo valor agregado. Eles buscavam a integração comercial na base da produção de produtos primários e criação de serviços. Mas os adiamentos indefinidos do acordo com os Estados Unidos dão um tempo para que definamos acordos comuns na cadeia produtiva, como a indústria de defesa e os agrocombustíveis", disse Mangabeira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.