Maluf, Serra e Marta disputam preferência dos paulistanos

O ex-prefeito Paulo Maluf (PP), o ex-ministro José Serra (PSDB) e a prefeita Marta Suplicy (PT) aparecem embolados na corrida para a Prefeitura de São Paulo, segundo levantamento Datafolha divulgado ontem. Na pesquisa estimulada, na qual o entrevistado escolhe o candidato entre os nomes apresentados pelo pesquisado, Maluf tem 24% das intenções de votos, Serra chega a 22% e Marta aparece com 17%. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos porcentuais, para mais ou para menos, o que significa que Maluf está tecnicamente empatado com Serra, que aparece empatado com Marta. A ex-prefeita Luiz Erundina (PSB) tem 11% das intenções de votos. O cenário de empate técnico se repete nas últimas colocações: Francisco Rossi (PHS) tem 7% das intenções de votos, seguido do pefelista José Aristodemo Pinotti, com 6%, e do presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (PDT), o Paulinho, que tem 3% dos votos. Doutora Havanir, do Prona, aparece em último, com 1%. Votos brancos, nulos ou nenhum dos candidatos propostos somam 8% e o índice de eleitores que não sabem em quem votar é de 2%. Na intenção de voto espontânea - quando o entrevistado cita de memória em quem pretende votar -, a prefeita Marta Suplicy aparece com 13% e Maluf com 12%. Serra e Erundina estão empatados, com 2% das intenções de voto. Até o governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi citado pelos entrevistados, com 1% das intenções de votos. Votos brancos, nulos ou nenhum somam 10%. Não sabem em quem votar 54% dos entrevistados. IndefiniçõesPressionado pelo PSDB para concorrer à Prefeitura, Serra tem dito que não pretende participar das próximas eleições. Também é incerta a candidatura de Maluf. O Datafolha fez uma simulação na qual Serra é substituído pelo secretário estadual de Segurança Pública, Saulo de Castro Abreu Filho (PSDB). Nesse cenário, Maluf aparece com 23% das intenções de votos e Marta vem em seguida, com 20%. Erundina tem 14% dos votos, Rossi, 12%, Pinotti, 9%, e Paulinho, 5%. Saulo aparece em último lugar, ao lado de Havanir, com 2% dos votos. Os indecisos são 3% e brancos e nulos chegam a 11%. O Datafolha também perguntou aos eleitores em quem eles não votariam de jeito nenhum. Marta e Maluf têm mesma taxa de rejeição - 44% -, a maior entre os candidatos. Erundina aparece com 28%. Os tucanos Saulo, Serra e José Aníbal têm, respectivamente, 17%, 13% e 13%. O Datafolha ouviu 1.116 pessoas na cidade de São Paulo, na última quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.