Maluf pede arquivamento de ações em que é réu

O ex-prefeito e deputado eleito Paulo Maluf (PP-SP) pediu à Justiça o arquivamento de todas as ações em que é réu por improbidade administrativa ou a imediata remessa dos autos para o Supremo Tribunal Federal (STF). Maluf argumenta que, como parlamentar, tem foro especial. Para o Ministério Público (MP), no entanto, Maluf não tem direito ao privilégio e até foi condenado definitivamente em um dos casos a repor ao Tesouro municipal o valor que teria gasto irregularmente no período em que foi prefeito de São Paulo pela última vez (1993-1996). O promotor Silvio Marques sustenta que Maluf quer "tumultuar os processos".

Agencia Estado,

17 Janeiro 2007 | 12h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.