Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Maluf ganha liminar para não depor sobre dinheiro no exterior

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Álvaro Lazarini, concedeu hoje uma liminar ao ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf (PP), para desobrigá-lo a comparecer, nesta quarta-feira, na Promotoria de Justiça da Cidadania, onde seria ouvido em inquérito civil que investiga a remessa de US$ 200 milhões ao exterior.O dinheiro, que seria produto de superfaturamento de obras, teria sido transferido para o paraíso fiscal das Ilhas Jersey. Maluf obteve a liminar sob a alegação que a competência para investigar o caso seria do TRE, uma vez que, segundo a própria promotoria, trata-se de fundos não declarados à justiça eleitoral.Hoje deveriam ter sido ouvido sobre o mesmo caso o filho de Maluf, Flávio Maluf e sua mulher Jaqueline Torres Maluf. Os depoimentos foram suspensos em razão da mesma liminar. O promotor da Cidadania, Silvio Antônio Marques, disse que tem 48 horas para prestar informações à justiça eleitoral. Após o prazo, ele pretende ingressar com recursos para reverter a situação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.