Maluf é condenado por gastos com propaganda

A 4.ª Vara da Fazenda Pública condenou em ação popular o deputado Paulo Maluf (PP-SP) a devolver ao município de São Paulo os gastos de sua gestão na prefeitura (1993-1997) com a publicidade do projeto habitacional Cingapura - R$ 4 milhões. Eduardo Nobre, advogado do ex-prefeito, disse que vai recorrer da decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.