Maluf diz que entrevista desta manhã foi boa e sincera

O candidato do PP à Prefeitura de São Paulo, Paulo Maluf, classificou a entrevista realizada hoje de manhã no Grupo Estado de "muito boa e sincera". Após a sabatina, Maluf voltou a dizer que não admite perder essas eleições e que se estiver em bom estado de saúde em 2008 voltará a disputar mais uma eleição. "Se for prefeito posso arrumar uma boa secretaria para ela (numa referência à prefeita e candidata à reeleição pelo PT, Marta Suplicy).Em rápida entrevista concedida após a sabatina, Maluf repetiu que o candidato do PSBD à Prefeitura, José Serra, não quer ser prefeito e que utilizará essas eleições como 3º turno das eleições presidenciais. "O Fernando Henrique Cardoso já disse que o Serra não quer ser prefeito. E eu assino embaixo."Para Maluf, votar em Serra é uma "aventura".O candidato ficou irritado quando foi questionado sobre o acesso que teria tido ao processo referente às supostas contas na Suíça, durante depoimento que prestou ao Ministério Público. Na sabatina, ele disse que não poderia opinar sobre o tema porque não teve acesso ao processo, já que o mesmo corre em segredo de Justiça. Questionado sobre o tema, disse que não iria falar a esse respeito. "Falo amanhã sobre isso", limitou-se a dizer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.